Buscar: Em:
Rally dos Sertões - Pilotos Honda Racing largam na frente na primeira etapa
 

  Jean Azevedo
Marcelo Machado de Melo/Mundo Press  
18/08/2018

Atual campeão e sete vezes vencedor do Rally dos Sertões, o piloto Jean Azevedo, da equipe Honda Racing, será o primeiro a largar entre as motos na etapa inaugural da 26ª edição da competição, que será disputada neste domingo (19) entre as cidades de Goiânia e Formosa, em Goiás. O paulista, que disputa a categoria Super Production, foi o mais rápido no prólogo realizado neste sábado (18), no Autódromo Internacional da capital goiana, seguido pelo seu companheiro de equipe Tunico Maciel, da classe Production Aberta. O gaúcho Gregorio Caselani sai em 11º neste domingo, ao passo que Júlio “Bissinho” Zavatti larga na 42ª posição.



Para Jean Azevedo, piloto que pode se isolar como o maior vencedor da competição em todas as categorias nesta edição, o prólogo realizado neste sábado serviu para “soltar a adrenalina” acumulada nestas semanas que antecederam o início da prova mais importante do calendário nacional off-road. 

“Foi diferente correr no asfalto, diferente de tudo que a gente está acostumado, mas foi legal. Deu para se divertir um pouco e soltar a adrenalina, já que a gente estava na expectativa de começar a prova”, disse. “Hoje foi só uma brincadeira, amanhã que vale, amanhã que começa o Rally dos Sertões de verdade”, completou o paulista, que acelera uma CRF 450RX.

A primeira etapa do Sertões, na avaliação dos pilotos, será uma das etapas mais duras de toda a prova. Serão percorridos 686 quilômetros, sendo 315 quilômetros de trechos cronometrados. A especial terá alguns trechos rápidos, porém sinuosos, mas depois fica bastante travada, com trechos de trial e pedras. Além disso, os pilotos terão que encarar travessias de rios, estradas de piçarra e pisos pedregosos.

“Amanhã vai ser, talvez, o dia mais duro do Rally. É um dia que a gente já tem que estar bem posicionado, mas também poupar o equipamento, já que vai ser muita quebradeira”, disse o heptacampeão da competição. “Não é um dia de arriscar muito, mas é dia de fazer um bom resultado, porque dá para perder o rali já no primeiro dia”, completou.

Segundo mais rápido no prólogo realizado neste sábado, Tunico Maciel, assim como Azevedo, acelera uma Honda CRF 450RX. “Em 2015, eu já tinha competido o prólogo do Sertões no asfalto, é divertido porque é diferente. Acho que piloto de rali tem que ser completo e estar preparado para qualquer terreno. Estou feliz, andei bem”, afirmou o mineiro, campeão da categoria Marathon do Sertões em 2015.

Maciel se diz preparado para a dura etapa que será disputada entre Goiânia e Formosa, no Estado de Goiás. “Amanhã, etapa será disputada em um terreno que me identifico muito, que é de serra, com muita pedra. Estou acostumado a treinar em solo com muita quebradeira, buraco. Me preparei muito fisicamente”, afirmou. “Então, acho que o dia de hoje foi só para crescer o braço mas o começo mesmo vai ser amanhã.”

Completam o escrete vermelho na prova o gaúcho Gregorio Caselani, campeão em 2016 e que disputa a categoria Super Production a bordo de uma Honda CRF 450RX, e Júlio “Bissinho” Zavatti, atual tricampeão da categoria especial Brasil - CRF 230cc, destinada a pilotos que competem com a motocicleta Honda CRF 230F.


Ricardo Martins, da equipe Yamaha Geração Rinaldi Rally Team, cravou o quinto melhor tempo após três voltas. Também competindo de Yamaha, o integrante do Programa bLU cRU, Luciano Gomes, foi destaque ao marcar o terceiro melhor tempo.

Ainda neste sábado, às 19h30, no Autódromo Internacional de Goiânia, será realizada a largada promocional da prova. O roteiro da prova inclui 3.601 quilômetros de desafios, 2.059 deles de trechos cronometrados (especiais), e, além de Goiás, passa pelos Estados da Bahia, do Piauí e do Ceará. A competição terá fim no dia 25 de agosto, quando os competidores chegarão à Fortaleza.

A equipe Honda Racing de Rally conta com o patrocínio da Honda, Michelin, Mobil, D.I.D correntes, Edgers, BRC, Race Tech e Alex Design.


Casarini não deixou de se sentir em casa. “Tenho bastante experiência com pilotagem de carros em asfalto e o meu UTV está perfeito, muito veloz. Fiz a lição de casa e não forcei, porque o risco é muito grande de colocar tudo a perder logo nos primeiros metros”, explicou o piloto.

A conhecida “Família da Poeira” também marcou presença no grupo dos mais rápidos do prólogo entre os UTVs. Atual campeão da categoria no Rally Dakar, o patriarca Reinaldo Varela ficou em sétimo lugar no prólogo - na mesma casa de segundo dos filhos Bruno Varela, o caçula, que defende o título do Rally dos Sertões, e Rodrigo Varela (primogênito e sexto colocado no prólogo com o navegador Felipe Eckel). O filho do meio, Gabriel Varela, teve destaque ainda maior no prólogo e confirmou o segundo melhor tempo. 

“Eu nunca havia andado antes em um prólogo no asfalto”, contou Reinaldo Varela. Experiente, o piloto possui dois títulos do Sertões nos carros e estreia oficialmente pela categoria para UTVs. A primeira etapa da prova tem destino a Formosa (GO), neste domingo, com 686 quilômetros de desafios. O trecho especial (cronometrado) soma 315 km. 

“A prova já vai começar a mil, será uma etapa bem complicada. Será um dia de acelerar com consciência, já que qualquer erro pode custar muito caro e comprometer toda a prova. Estou bastante motivado para a largada com o Can-Am Maverick X3, é um equipamento que eu confio demais”, finalizou Varela. Ele e o navegador Gustavo Gugelmim utilizaram o mesmo modelo de UTV na recente conquista do Rally Dakar. 


Geison Belmont, da Meikon Rally Team, chegou em quinto entre os quadriciclos, no prólogo da 26ª edição do Rally dos Sertões, que aconteceu hoje, sábado (18/8) realizado no Autódromo de Goiânia, Goiás.  A bordo da sua Can-Am Renegade 1000cc, o piloto de Niterói (RJ) completou o percurso da especial de hoje em 6min55seg.


“Foi um prólogo bacana, a última vez que teve no asfalto no Sertões foi em 2015. Então é bastante desafiador, interessante com um veiculo totalmente fora de estrada, com pneus off road. Portanto, nessa condição de terreno exige muita velocidade final do veículo e o nosso tem um pouco de limitação quando a esse desafio de velocidade no asfalto, por isso fomos mais cautelosos”, conta Geison.



Com sete etapas, o roteiro total do Rally dos Sertões soma 3.601 quilômetros (2.059 de especiais). Os campeões da temporada serão conhecidos em Fortaleza (CE), palco da chegada no próximo dia 25 de agosto. Além dos UTVs, estão na briga pelos títulos competidores das categorias para quadriciclos, motos e carros.

 Roteiro



1ª Etapa - Domingo (19/08)
Goiânia (GO) - Formosa (GO)
Deslocamento Inicial - 245 km
Trecho Especial (Cronometrado) - 315 km
Deslocamento Final - 126 km
Total do dia: 686 km

2ª Etapa - Segunda-feira (20/08)
Formosa (GO) - Posse (GO)
Deslocamento Inicial - 29 km
Trecho Especial (Cronometrado) - 307 km
Deslocamento Final - 47 km
Total do dia: 383 km

3ª Etapa - Terça-feira (21/08)
Posse (GO) - Luís Eduardo Magalhães (BA)
Deslocamento Inicial - 24 km
Trecho Especial (Cronometrado) - 255 km
Deslocamento Final - 71 km
Total do dia: 350 km

4ª Etapa - Quarta-feira (22/08)
Luís Eduardo Magalhães (BA) - Barra (BA) - ETAPA MARATONA
Deslocamento Inicial - 123km
Trecho Especial (Cronometrado) - 355 km
Deslocamento Final – 0 km
Total do dia: 478 km

5ª Etapa - Quinta-feira (23/08)
Barra (BA) - São Raimundo Nonato (PI)
Deslocamento Inicial - 0 km
Trecho Especial (Cronometrado) - 401 km
Deslocamento Final - 45km
Total do dia: 446 km

6ª Etapa - Sexta-feira (24/08)
São Raimundo Nonato (PI) - Juazeiro do Norte (CE)
Deslocamento Inicial - 39 km
Trecho Especial (Cronometrado) - 226 km
Deslocamento Final - 337 km
Total do dia: 602 km

7ª Etapa - Sábado (25/08)
Juazeiro do Norte (CE) - Fortaleza (CE)
Deslocamento Inicial - 168 km
Trecho Especial (Cronometrado) - 200 km
Deslocamento Final - 288 km
Total do dia: 656 km

TOTAL DA PROVA: 3.601 km
TOTAL DE ESPECIAIS: 2.059 k
​m

Fotos
Ricardo Martins  
  
Geison Belmont  
(Luciano Santos/SigCom)  

Deixe seu comentário sobre a notícia

Seu nome/apelido:
Seu comentário:
Digite o que você vê na imagem abaixo: *