Buscar: Em:
Enduro da Independência - Jomar Grecco vence o Enduro da Independência pela quarta vez!
 

  Jomar Grecco
Idário Café  
11/09/2017

A 35ª edição do Enduro da Independência viu repetir no topo do pódio, mais uma vez, o piloto Jomar Grecco, que sagrou-se tetracampeão da prova: o piloto da Equipe Orange BH KTM Racing já havia vencido a prova em 2013, 2015 e 2016.


A edição deste ano teve largada no Santuário de Nossa Senhora Aparecida e chegada em Lavras, com pernoites nas cidades de Itajubá e Três Corações. Foram cerca de 700 quilômetros percorridos, com alto nível técnico, que exigiu bastante dos pilotos e suas motocicletas, principalmente na região de Luminárias, São Tomé das Letras e Lavras, conhecida pelo alto nível de suas trilhas.


“Muito bom finalizar bem e vencer uma prova desse tamanho, desse porte, disputando com pilotos mais jovens que eu, já que sou o mais velho da categoria. Foi bacana demais viver mais essa experiência e conseguir vencer a prova. Agora também sou recordista de títulos na categoria, quatro vitórias na Master, isso é fantástico, poder colocar meu nome na história, ao lado do Dário Julio e do Guilherme Marchetti. Ano que vem tenho a oportunidade de bater esse recorde e vamos trabalhar pra isso.”, relatou Jomar Grecco.


Desde o início Jomar já deixou registrado que queria mais uma conquista no Enduro da Independência. O capixaba da Equipe Orange BH saiu na frente e venceu o primeiro dia, que segundo os participantes, foi o mais fácil desta edição. Mas à medida que a prova foi se tornando mais “casca grossa”, maior o domínio. Assim como no primeiro dia, também venceu o segundo e o terceiro.


“Foi bem travado, muita trilha, muito roteiro, tive que ter sempre muita atenção e ficar sempre bem concentrado, porque um pequeno erro poderia tirar pontos preciosos. Até poderia ter andado mais rápido, mas com medo de errar, preferi andar num ritmo seguro. A minha moto, uma KTM EXC-F 350 também estava fantástica, era um item que não precisava me preocupar, pois esteve impecável durante os quatro dias. Essa moto me passa muita confiança, sei que posso acelerar sem medo que ela dá conta do recado.”, explicou o piloto.


No último dia, o capixaba entrou com vantagem confortável para o segundo colocado, tendo a oportunidade de administrar o resultado. Mas o mais difícil dos quatro dias, com 107 quilômetros de muitas trilhas e muitas pedras, não foi diferente dos outros pro piloto: mais uma vitória e a conquista do título da 35ª edição do Enduro da Independência.


“Eu vim abrindo a prova nos três últimos dias, quem vence o dia larga na frente, então a concentração tem que ser ainda maior. Havia lugares que eu chegava e não tinha nem rastro de motos direito, então eu tinha que confiar na minha navegação. O roteiro e a dificuldade das trilhas foram só aumentando, assim como o nível e a exigência de pilotagem e navegação. Falaram que o terceiro dia seria o mais difícil, foi realmente bem puxado, mas o quarto dia foi o mais difícil, porque juntou o cansaço e a vontade de terminar bem. Isso foi minando aos poucos, o suor escorrendo, mas foi muito gostoso, a prova foi muito boa. No final deu tudo certo, a planilha foi muito bem feita, muito bem desenhada, as trilhas muito bem escolhidas, a organização está de parabéns.”, completou Jomar.


Esse é o terceiro título consecutivo do piloto, que desde que entrou para a Equipe Orange BH venceu todas as edições do Enduro da Independência na Categoria Máster, sempre com uma KTM EXC-F 350.


\\\\\\\"Não posso deixar de agradecer a Equipe Orange BH KTM Racing e nossos patrocinadores, eles tem feito de tudo pra que possa me preocupar apenas com a parte de acelerar. Estamos construindo uma história muito bacana, de muitas conquistas e muitos títulos. Tenho certeza de que muito mais há de vir pela frente.\\\\\\\", finalizou Jomar.


Junto com o troféu de Campeão da prova, o piloto recebeu mais uma vez a \"Taça dos Campeões do Enduro da Independência\". Essa Taça fica durante um ano com o piloto vencedor da Categoria Máster e a cada edição recebe uma placa com o nome do vencedor da prova. Ela vai receber novamente uma nova placa com o nome de Jomar Grecco e já tem local de destaque no salão de vendas da Orange BH. A Taça fica agora, por pelo menos mais um ano, em exposição na loja.


Dário Júlio, piloto e chefe de equipe da Honda Racing, conquistou neste sábado (9/9) seu quinto título no Enduro da Independência. O mineiro foi campeão da categoria Over 40, com 100% de aproveitamento. Anteriormente, ele já havia ganhado na Master em 2007, 2008, 2009 e 2010. No feminino, Janaína Souza (Motofield) venceu pelo quarto ano consecutivo. 


 


Após todos os desafios e dificuldades das trilhas, Fábio Coelho Amaral, com uma Yamaha TTR 230, foi o grande campeão da Categoria Brasil, destinada às motocicletas nacionais. No ano em que comemora 10 anos de seu lançamento, colocar a TTR 230 no degrau mais alto do pódio é motivo de muita festa.

Fotos
Jomar Grecco  
janjão Santiago  
Dário Júlio  
Idário Café  
Janaina Souza  
Idário Café  
Fábio Coelho  
Janjão Santiago  

Deixe seu comentário sobre a notícia

Seu nome/apelido:
Seu comentário:
Digite o que você vê na imagem abaixo: *
   

 
Revista Bike Action
Revista Moto Action